Continue lutando mesmo quando você ache que a luta não está valendo a pena

Sei que você está cansada.

Eu sei que essa rotina cansa.

Eu sei, também, que existe um mundo em preto e branco, não muito longe daqui.

Entendi. E sabe por quê?

Eu também estive lá.

Mas, se há uma coisa que aprendi é que se fomos tão baixo mergulhando em tristeza, se cavamos tão fundo, significa também que há espaço para subir ainda. Aprendi que nossa vida é cheia de alegria e tristezas , mas não é o desgosto que determina o valor dela; é como lidamos com isso que faz a diferença. É o que fazemos com o que aconteceu que determina o sentido das coisas. É o que você aprende com isso que realmente conta.
À medida que amadurecemos vamos nos tornando mais ponderadas, eu estou falando sobre “amadurecer” e não em ficar mais velha. O processo de amadurecimento inclui o entendimento de todas experiências que tivemos, e temos a tendência de acentuar a lições que nos trouxeram dor como as únicas que emolduraram nossas vidas. De uma maneira distorcida, tendemos a perceber a vida acentuando as vivências negativas e desfocando do que de fato, mesmo em sua simplicidade, deu sentido à nossa existência.
Meu processo de amadurecimento começou quando decidi viver mais para mim, sem excluir osque me acrescentavam, porém, tomando cuidado de mim. Me validando, reforçando positivamente tudo que faz parte de minhas características intrínsecas e extrínsecas .Foi neste dia que o processo de cura mudou.
Não foi apenas para agradar as pessoas ao meu redor, mas sim para tomar decisões que influenciaram diretamente em minha própria felicidade.
Eu estava finalmente percebendo que eu não poderia fazer aqueles ao meu redor felizes se eu não estivesse guardando um pouco disso para mim também.
Então, para você que deu tudo o que tem.
Para você que suportou tudo que pode suportar.
Para você que alcançou o final da corda e está ficando cada vez mais rala.
Continue lutando porque sua luta vale a pena. Há muito fortalecimento na luta.
Somos capazes de muito mais do que acreditamos, portanto, acorde e lute. Não desista quando as coisas ficarem difíceis. Você é tão capaz e poderosa. Se pudesse olhar para si e perceber o quão extraordinária você é, ficaria espantada. A questão é que fica presa aos defeitos, às impossibilidades. Esta é a sua história para escrever e você é a única pessoa que sabe o que dizer sobre você mesma.
Então, para você que precisa ouvir isso, preste atenção: Mantenha suas prioridades sob controle. Você vem em primeiro lugar, não importa o quê. Lembre-se você não pode derramar água de um copo vazio. As pessoas que você escolheu para estar perto de você vêm em seguida. E, somente depois disso, nutra aqueles que estão próximos para que possam sentir sua luz também.

Rosangela Pinheiro

Deixe um comentário